Suflê de peixe

Desde sempre convivi com meu pai indo pescar no Pantanal pelo menos uma vez por ano e (quase sempre ) trazendo kilos de peixe fresco pra casa. Assim, me acostumei a sempre comer peixe, de todas a maneiras possíveis. Umas das minhas favoritas é aquele feito na brasa: peixe inteiro, com escamas, aberto ao meio, bem temperadinho e assado na churrasqueira. E, o melhor, é que sempre sobra um restinho de peixe pra fazer um delicioso suflê no dia seguinte.

Por algum motivo, o suflê é um prato que assusta muita gente na cozinha (inclusive eu!). Mas como gosto muito desse prato, um dia tomei coragem e fiz a receita, de acordo com o antigo caderno de receitas da minha mãe.

Suflê_de_peixe Receita

E não é que deu certo, sem grandes dificuldades… Se não quiser fazer com “restos” de peixe, pode pegar 2 filés de  peixe de sua preferência e grelhar especialmente para a receita

 

Ingredientes:

1 xícara (bem cheia) de peixe assado desfiado

2 colheres de sopa de azeite

2 colheres de sopa de cebola cortada em pedacinhos

1 dente de alho cortado em pedacinhos

4 colheres de sopa de cheiro verde bem picadinho

3/4 xícara de leite

3 gemas e 3 claras

1 colher de sopa de maisena

3 colheres de sopa de queijo ralado

sal a gosto

Sufle de Peixe

Tempo de preparo: 30 minutos. Tempo de espera: 45 minutos. Rendimento: 4 porções

 

Modo de preparo:

Refogue o alho e a cebola no azeite por alguns minutos e junte o peixe e o cheiro verde, mexendo por alguns minutos para juntar os sabores. Reserve. Em uma panela junte as gemas, leite, maisena e queijo ralado e misture bem antes de levar ao fogo. Em seguida, cozinhe mexendo sempre, até que forme um mingau grosso. Bata a clara em neve. Misture todos os itens e verifique se o sal está como gostaria. Coloque em um pirex, sem encher completamente para deixar espaço para o sufle crescer. Asse em forno médio pré-aquecido por 35-45 minutos, até que estejam bem dourados.

Suflê de goiabada

Depois da aula do Espaço Carioca de Gastronomia passei um tempo sem ir aulas de culinária, até que alguns amigos me convidaram para uma aula com a cheff Manu Zappa. Esta aula foi muito diferente da outra, por tem um clima mais intimista. Acontece na casa da cheff e são poucos alunos (esse dia fomos cinco). Ela nos deixa bastante livres para apenas assistir ela cozinhar, ajudarmos em algumas etapas, ou tomar o controle completo da cozinha. A interação foi bem legal e fizemos quatro receitas de comidinhas para entradas e aperitivos. Além disso, fizemos uma sobremesa que achei genial, tanto pelo sabor quanto pela simplicidade. É muito fácil e impressiona qualquer convidado!

Tempo de preparo: 10 minutos. Tempo de espera: 5 minutos. Rendimento: 4 porções

 

Ingredientes:

200 gramas de goiabada

3 claras de ovo

½ xícara de catupiry

½ xícara de creme de leite

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno em temperatura média. Derreta a goiabada em uma panela com um pouco de água. Bata as claras em neve em uma batedeira até que fiquem firmes. Misture as claras à goiabada derretida. Coloque em refratários que possam ir ao forno (de preferência pequenos, para porções individuais). Não encha completamente os potinhos pois o suflê vai crescer (preencha aproximadamente 7/8). Leve ao forno por cerca de 5 minutos, até crescer e ficar dourado. Em uma panela derreta o catupiry com o creme de leite e despeje sobre o suflê depois de pronto.