Creme de Aspargos

Apesar do calor infernal que vem assombrando o Rio nessas últimas semanas, venho sentido uma vontade inexplicável de tomar uma boa sopa. Então, foi só a temperatura cair um pouquinho que aproveitei a deixa pra fazer esse delicioso creme de aspargos (inspirado na sopa do Hotel Plaza de Blumenau que me acompanhou em várias noites de trabalho).

Sopa de aspargos

Tempo de preparo: 20 minutos Rendimento: 1 porção

 

Ingredientes:

8 aspargos frescos

1/4 cebola em cubinhos

1 dente de alho picado

1 colher de sopa de manteiga

2 xícaras de chá de água

1/4 xícara de chá de creme de leite

azeite, sal e pimenta a gosto

 

Modo de preparo:

Corte as partes mais duras e brancas dos aspargos e descarte. Corte-os então em rodelas médias. Em uma panela, derreta a manteiga e refogue a cebola por alguns minutos. Adicione o alho e refogue por mais um minuto. Junte os aspargos e deixe cozinhar por alguns minutos, mexendo de vez em quando. Junte a água, um pouco de sal e pimenta e cozinhe por cerca de 10 minutos (até que os aspargos estejam molinhos). Separe algumas rodelinhas de aspargos (equivalente a uns dois aspargos) e bata o resto dos aspargos com a água no liquidificador, até obter uma mistura homogênea. Volte a mistura à panela, misture o creme de leite, as rodelinhas inteiras de aspargos e ajuste sal e pimenta.

Sopa de couve-flor

 

Essa é uma receita-continuação. Depois de fazer mais do que o necessário da receita de couve-flor do post passado, fui buscar o que fazer com elas. O que me chamou atenção nessa receita de sopa de couve-flor foi a adição de uma quantidade de queijo que a faria a prova de erros. Minha teoria é de que qualquer coisa com queijo, creme de leite ou chocolate fica ótimo! E, pelo menos para essa receita, eu estava certa.

Tempo de preparo: 20 minutos. Tempo de espera: 30 minutos. Rendimento: 2 porções

 

Ingredientes:

1 couve flor pequena

3 colheres de sopa de azeite

1 cebola pequena, picada

2 dentes de alho, picados

3 xícaras de água com 1/2 cubo de caldo knorr

1 xícara de queijo emental ralado

2/3 xícara de leite

sal, pimenta e noz moscada a gosto

 

Modo de preparo:

Prepare a couve-flor como no post anterior. Em uma panela refogue a cebola com o azeite por cerca de 5 minutos. Acrescente o alho e refogue por mais alguns minutos. Acrescente a couve flor assada e metade do caldo de legumes e deixe levantar fervura. Abaixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por 20 minutos. Bata a sopa em um mixer até que atinja a consitência desejada. Retorne a panela e acrescente o queijo e o leite. Tempere com sal e pimenta a gosto. Finalize com algumas folhinhas de tomilho e azeite. Sirva com torradas.

Sopa de cebola

Tudo começou semana passada quando, para uma outra receita, fui ao supermercado comprar, entre outras coisas, UMA cebola. No entanto, irritantemente, o supermercado não tinha cebolas para serem compradas individualmente, somente uma embalagem fechada com 1 kg. Sem paciência de ir a outro estabelecimento, decidi comprar o pacote todo, que custava pouco mais de um real.

Assim, usei a minha cebola para cozinhar algo que já nem lembro o que era e acabei com 900g de cebola  na dispensa… Decidi então buscar uma receita de Sopa de Cebola.

Com inspiração no Food Network e num livro “Cozinha Francesa Fácil” que achei na cozinha da minha avó, fiz algumas alterações (principalmente nas quantidades) e aqui está a receita. Aproveitem!

Tempo de preparo: 70 minutos. Rendimento: 2 porções

 

Ingredientes:

4 cebolas médias

1 folha de louro

2 colheres de sopa de manteiga

Sal e pimenta a gosto

2 dentes de alho amassados

½ xícara de vinho tinto

1 colher de sopa de farinha

400ml de caldo de carne

½ baguete

100g de queijo Gruyere ralado

Modo de Preparo:

Descasque as cebolas, corte-as ao meio e fatie bem fino (fatias de 2-3 mm). Coloque a manteiga em uma panela em fogo médio e, quando estiver derretida, junte a cebola, a folha de louro, o alho, sal e pimenta. Cozinhe até que as cebolas estejam bem macias e caramelizadas, mexendo de vez em quando para não queimar, por cerca de 25 minutos. Despeje o vinho, abaixe o fogo, e cozinhe até que ele se evapore quase totalmente (cerca de 10 minutos). Tire a folha de louro e acrescente a farinha, mexendo bastante para dissolver. Cozinhe por mais cerca de 10 minutos. Adicione então o caldo de carne e cozinhe por 10 minutos. Finalize o tempero com sal e pimenta a gosto.

Para as torradas, corte a baguete em fatias de cerca de um centímetro e espalhe o queijo por cima. Coloque no forno até que o queijo esteja bem derretido. Tradicionalmente as torradas são servidas sobre a sopa. Faça isso somente quando já for servir o prato, já que o pão absorve o caldo e logo ficará molenga (particularmente, o pão embebido na sopa foi o que mais gostei dessa receita)

Releitura

Um nome mais bonitinho pra “comer o mesmo prato no dia seguinte de maneira diferente”.  Coei a sopa para formar uma pasta e fiz um sandwiche com o queijo Gruyere. Ficou uma delícia!