Peixe com crosta de amendoas

De uma de suas pescarias meu pai chegou com nada menos que 25 tucunarés! Cada um deles rendeu 8 filés! Ou seja: haja criatividade pra aproveitar tanta fartura. Meu mais novo experimento foi esse peixe assado com crosta de amendoas, que fica molhadinho por dentro e crocante por fora. Pra quem não tem esse privilégio de peixe fresco em casa, pode escolher no supermercado qualquer peixe de carne branca, como linguado, tilápia, robalo ou cherne.

Peixe crosta amendoas

Tempo de preparo: 10 minutos. Tempo de espera: 15 minutos. Rendimento: 2 porções.

 

Ingredientes:

2 filés de peixe, temperados com algumas horas de antecedência com sal, pimenta do reino, limão, fondor

3 colheres de sopa de farinha de rosca

3 colheres de sopa de amendoas trituradas (passe amendoas inteiras ou em lascas pelo mixer)

1 colher de manteiga em temperatuda ambiente

1 pitada de sal

 

Modo de preparo:

Forre uma forma com papel manteiga e pre-aqueça o forno em temperatura média-alta. Em uma tigela misture a farinha, as amendoas e a manteiga. Seque os peixes com papel toalha e coloque-os na forma. Coloque a mistura de amendoas sobre os filés , pressionando para formar uma crosta grossa. Leve ao forno na prateleira mais alta, por cerca de 12-15 minutos.

Alternativa: na próxima vou tentar com castanha de caju!

Anúncios

Suflê de peixe

Desde sempre convivi com meu pai indo pescar no Pantanal pelo menos uma vez por ano e (quase sempre ) trazendo kilos de peixe fresco pra casa. Assim, me acostumei a sempre comer peixe, de todas a maneiras possíveis. Umas das minhas favoritas é aquele feito na brasa: peixe inteiro, com escamas, aberto ao meio, bem temperadinho e assado na churrasqueira. E, o melhor, é que sempre sobra um restinho de peixe pra fazer um delicioso suflê no dia seguinte.

Por algum motivo, o suflê é um prato que assusta muita gente na cozinha (inclusive eu!). Mas como gosto muito desse prato, um dia tomei coragem e fiz a receita, de acordo com o antigo caderno de receitas da minha mãe.

Suflê_de_peixe Receita

E não é que deu certo, sem grandes dificuldades… Se não quiser fazer com “restos” de peixe, pode pegar 2 filés de  peixe de sua preferência e grelhar especialmente para a receita

 

Ingredientes:

1 xícara (bem cheia) de peixe assado desfiado

2 colheres de sopa de azeite

2 colheres de sopa de cebola cortada em pedacinhos

1 dente de alho cortado em pedacinhos

4 colheres de sopa de cheiro verde bem picadinho

3/4 xícara de leite

3 gemas e 3 claras

1 colher de sopa de maisena

3 colheres de sopa de queijo ralado

sal a gosto

Sufle de Peixe

Tempo de preparo: 30 minutos. Tempo de espera: 45 minutos. Rendimento: 4 porções

 

Modo de preparo:

Refogue o alho e a cebola no azeite por alguns minutos e junte o peixe e o cheiro verde, mexendo por alguns minutos para juntar os sabores. Reserve. Em uma panela junte as gemas, leite, maisena e queijo ralado e misture bem antes de levar ao fogo. Em seguida, cozinhe mexendo sempre, até que forme um mingau grosso. Bata a clara em neve. Misture todos os itens e verifique se o sal está como gostaria. Coloque em um pirex, sem encher completamente para deixar espaço para o sufle crescer. Asse em forno médio pré-aquecido por 35-45 minutos, até que estejam bem dourados.

Filé de peixe assado no papel alumínio

Por algum motivo, eu tinha muito receio de cozinhar peixe. Não sei por que sempre achei que seria muito difícil, que daria errado. Esse receio faz ainda menos sentido quando penso que meu pai é pescador e que cresci em uma casa que teve que comprar um segundo freezer pra armazenar os “frutos” das pescarias. Comíamos peixe cerca de 2 vezes por semana e eu adorava. Há alguns anos fui perdendo esse medo e vi que há maneiras muito simples e quase a prova de erros de cozinhar peixes. Uma delas é essa receita de peixe assado no papel alumínio que é super fácil e fica uma delícia

Ingredientes:

1 filé de peixe de preferência

Azeite

Sal

Pimenta

Limão

1 colher de sobremesa de azeitonas sem caroço fatiadas

10 Tomates cereja

Modo de Preparo:

Corte um pedaço de papel alumínio suficiente para embrulhar o peixe, deixando um pouco de ar. Tempere o peixe com sal, pimenta, azeite e algumas gotas de limão. Espalhe um pouco de azeite no papel alumínio para o peixe não grudar. Coloque o peixe no centro do papel. Espalhe as azeitonas e os tomates em cima e ao lado do peixe. Feche fazendo uma “trouxinha”. Leve a forno médio (pré-aquecido) por cerca de 20 minutos. Tá pronto!

Nota 1: Eu usei filé de tilápia, mas a receita funciona com basicamente qualquer filé de peixe (salmão, linguado, etc)

Nota 2: Se preferir os tomates mais assados, pode já deixá-los na forma enquanto pré-aquece o forno e prepara os outros ingredientes. Pode-se também usar quaisquer outros legumes que agradarem (aspargos, ervilha, cebola).

Nota 3: Essa receita foi inspirada no programa Cozinha Prática. Comi acompanhado de cuscuz marroquino um pouquinho diferente desse do link. Mas isso é assunto para o próximo post…

 

Releitura:

Um nome mais bonitinho pra “comer o mesmo prato no dia seguinte de maneira diferente”.  Desfiei o que sobrou do peixe, piquei bem pequeno algumas azeitonas, misturei com um pouco de maionese e temperei com pimenta e mostarda. Proto: pastinha de peixe para passar na torrada!